Notícias

Prefeito de Vinhedo é eleito presidente do Conselho de Desenvolvimento da RMC

Prefeitos e representantes de 20 prefeituras reuniram-se ontem na Unicamp para eleger presidente e vice do órgão colegiado regional

Os prefeitos que compõem o CD-RMC (Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas) elegeram na manhã da terça-feira, dia 19 de fevereiro, em reunião ordinária realizada na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), os novos presidente e vice para a gestão 2019 do órgão colegiado regional. Foram escolhidos pelos colegas o prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz (PSDB), como presidente, e o prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis (MDB), como vice. O mandato é de um ano, podendo ser renovado pra mais um.
O Conselho de Desenvolvimento da RMC é formado pelos prefeitos (ou seus representantes nomeados) das 20 cidades que compõem a Região Metropolitana: Americana, Artur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Morungaba, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste, Santo Antônio de Posse, Sumaré, Valinhos e Vinhedo.
O Conselho delibera sobre reivindicações conjuntas, projetos regionais, convênios e a utilização de recursos do Fundocamp (Fundo de Desenvolvimento da RMC), formado pelas anualidades pagas pelas próprias prefeituras, e depende da Agemcamp (Agência Metropolitana), seu braço executivo, para implementar tais políticas e projetos regionais.
Além de ouvir propostas e projetos de interesse geral, os membros do Conselho de Desenvolvimento da RMC também podem propor e cobrar ações e políticas públicas regionais, inclusive de outras esferas de governo – como foi o caso da recente “Carta da RMC pela Saúde”, de meados do ano passado e que culminou com a criação do núcleo regional da Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde) pela Secretaria de Estado da Saúde.
A abertura da reunião de terça-feira foi conduzida pelo prefeito de Nova Odessa, Benjamin Bill Vieira de Souza (PSDB), que ocupou o cargo de presidente do Conselho da RMC ao longo do último ano. Participaram a vice-reitora da Unicamp, Teresa Atvars, prefeitos e representantes das cidades da RMC e secretários do Governo do Estado.
Novo presidente do Conselho, Jaime Cruz destacou a importância da RMC no cenário brasileiro, que possui PIB (Produto Interno Bruto) maior que 18 estados do Brasil e diversos países da América do Sul. “É uma responsabilidade muito grande. Temos propostas e soluções para os desafios que surgem, mas só conseguimos quando há união. Nenhuma cidade é uma ilha”, disse Jaime Cruz.

UNICAMP
Anfitrião, o prefeito de Campinas, Jonas Donizett e (PSB), destacou a atuação do presidente Benjamin Bill à frente do Conselho da RMC e a importância de parcerias com a Unicamp, “que só têm a beneficiar todas as Prefeituras no que diz respeito a inúmeros projetos e pesquisas que podem ser aplicados nos municípios”.
“Estamos numa outra etapa de desenvolvimento da região e a Unicamp é algo diferenciado, que vem contribuir e trazer benefícios a todos. Queremos fortalecer e desenvolver, em conjunto com a universidade, projetos para ampliar o conhecimento”, disse Donizett e.
“A Unicamp consolida o laço da universidade com a sociedade. Temos projetos estruturantes e a Unicamp está de portas abertas”, afirmou a vice-reitora da Unicamp, Teresa Atvars.

Subsecretário defende o ‘fortalecimento regional’
Subsecretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi afirmou no encontro que o Governo do Estado “pretende fortalecer a governança metropolitana”. “A carteira de realizações da Região Metropolitana de Campinas faz com que seja referência nacional e por isso é importante avançarmos ainda mais nos instrumentos regionais”, disse.
Durante a reunião da RMC, o professor do Instituto de Física e titular da Diretoria Executiva de Planejamento Integrado da Unicamp, Marco Aurélio Pinheiro Lima, apresentou a ideia do HIDS (Hub Internacional para o Desenvolvimento Sustentável), proposta que tem como objetivo reunir universidades, centros de pesquisas, empresas, orgãos públicos, entre outros, para contribuir com o desenvolvimento sustentável das cidades. “A Unicamp se prepara para interagir cada vez mais com a RMC nessa agenda”, disse o professor.
Também foi feita uma apresentação do estágio atual dos trabalhos do PDUI-RMC (Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da RMC), por Maria Lígia Soares de Oliveira Wertheimer, da Emplasa; foi apresentada uma proposta de criação da câmara temática da causa animal e aprovação de diversos projetos do Fundocamp para as cidades da RMC.

Fonte: http://tribunaliberal.com.br/2018/?p=8713

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.